FGV presta homenagem ao presidente do CAF Enrique García

Sex, 31/03/2017

A Fundação Getulio Vargas, por meio do seu Centro Latino-Americano de Políticas Públicas (CLPP), homenageou, no dia 21 de março, em São Paulo, o presidente do CAF - Banco de Desenvolvimento da América Latina –, Enrique García Rodriguez. O economista boliviano, que se aposentará em abril, esteve à frente do banco durante 25 anos. Em sua gestão, o CAF, originalmente andino e com cinco países fundadores, tornou-se uma das principais fontes de financiamento multilateral da América Latina, contando hoje com 19 países acionistas e quase 40 bilhões de dólares em ativos.

Na presença de diversos prefeitos, secretários de Estado, acadêmicos, estudantes, executivos de diferentes setores e diretores de unidades da FGV, o seminário teve entre seus conferencistas Carlos Ivan Simonsen Leal, presidente da FGV, Enrique García, presidente do CAF, Nelson Jobim, ex-Ministro da Defesa, Hélcio Tokeshi, Secretário da Fazenda do Estado de São Paulo e Ricardo Marino, vice-presidente do Itaú na América Latina.

Na ocasião, o presidente da FGV parabenizou Enrique García por sua relevante contribuição à América Latina, além de enaltecer os trabalhos realizados entre a FGV e o CAF, como o programa de “Governabilidade, Gerência Política e Gestão Pública”, resultado de uma parceria entre a FGV, o CAF e a George Washington University.

Em seu discurso, o presidente Enrique García ressaltou a necessidade de se criar condições para que o crescimento da América Latina seja de boa qualidade, com menos volatilidade. Defendeu também que esse avanço seja eficiente, ou seja, competitivo em termos econômicos, além de inclusivo para ajudar a resolver o problema central da região – a desigualdade.

|

Portal FGVENG

Escolas FGV

Acompanhe na rede