Guias

A cidade

A capital do Brasil é totalmente planejada por Oscar Niemeyer, arquiteto aclamado mundialmente, e pelo reconhecido urbanista Lúcio Costa. Brasília, como a conhecemos hoje, foi oficialmente inaugurada em 1960. É lá que está localizada a sede dos três poderes brasileiros: Executivo, Legislativo e Judiciário. Declarada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Brasília conta com pouco mais de 3 milhões de habitantes atualmente. A FGV fica situada na Asa Norte, região valorizada do Distrito Federal.

Brasília skyline

Idioma

Assim como no restante do Brasil, o idioma oficial é o português. Apesar disso, por conta da internacionalização devido ao turismo, oportunidades de estudo e ao mercado de negócios, é comum conhecer cidadãos locais que dominam outros idiomas, bem como encontrar turistas de outros países com afinidades linguísticas similares às suas. Há, também, a possibilidade de fazer cursos de português para melhorar o entendimento do idioma e conhecer a língua do país.

Turismo

Brasília proporciona aos seus visitantes uma experiência turística completa e bem diversificada. A capital brasileira tem opções voltadas para quem procura programas com foco em cultura, natureza, política e economia.  

O chamado turismo cívico é tradicional na região, e, para quem visita Brasília pela primeira vez, vale a pena conhecer a Esplanada dos Ministérios, o Palácio do Planalto e da Alvorada, a Praça dos Três Poderes e o Congresso Nacional. São espaços que constroem a política brasileira e ajudam a entender e conhecer mais sobre o país.  

Na área cultural, o Museu Memorial de Brasília e o Memorial dos Povos Indígenas não podem faltar na programação. Para aproveitar as belezas naturais que Brasília proporciona, visite o Parque Nacional, que preserva o bioma da localidade e exibe uma natureza exuberante.  

Se quiser mergulhar nas cachoeiras da região, a Reserva Ecológica Chapada Imperial é o destino ideal. Já o clássico Lago Paranoá, com seus 48 km² de extensão, permite uma vista deslumbrante e panorâmica de Brasília.

Visto e registro na Polícia Federal

Para a realização de atividades acadêmicas e de pesquisa, os estrangeiros que chegam ao Brasil devem portar os devidos vistos obtidos junto ao serviço consular do Governo Brasileiro em seu país de origem. O visto deve ser solicitado com antecedência.

Após a chegada ao Brasil, os estrangeiros precisam realizar seu Registro Nacional de Migrante (RNM) junto à Polícia Federal, dentro do prazo de 90 dias. Então receberão a Carteira de Registro Nacional Migratório (CRNM), que será o documento de identidade para o estrangeiro durante sua estadia no país, garantindo sua permanência temporária. Para a realização deste registro a Escola da FGV oferecerá as orientações necessárias.

Em caso de não cumprimento desse prazo, os estrangeiros receberão multas. Por isso, é altamente recomendável que o registro e a regularização da situação do estrangeiro sejam realizados dentro do prazo. Para tirar dúvidas, entre em contato com a Coordenação de Relações Internacionais da Escola de destino na FGV.

Mais informações podem ser encontradas neste link

 

Moeda

A moeda brasileira é chamada de "Real". As notas são divididas em R$ 200, R$ 100, R$ 50, R$ 20, R$ 5 e R$ 2. Já as moedas recebem o nome de centavos e são encontradas em espécies de 5 centavos, 10 centavos, 25 centavos ou 50 centavos. O maior valor de uma moeda no Brasil é a de R$ 1. No Brasil há grande variação cambial. Cheque as cotações do Real por meio do Conversor de Moedas do Banco Central do Brasil.

Custo de vida

A capital do Brasil tem um dos custos de vida mais elevados do país. As despesas com alimentação individual vão de R$ 750 a R$ 950 mensais, de acordo com o padrão de vida de cada pessoa.  

Já os gastos com transporte podem chegar a até R$ 400 por mês, considerando metrô e ônibus. Morar em um apartamento de um quarto em Brasília fica entre R$ 1400 e R$ 2000, dependendo das características do imóvel escolhido.

Moradia

A Fundação Getulio Vargas não oferece moradia própria para alunos, professores e pesquisadores. Recomendamos alugar um espaço próximo à FGV, para facilitar o seu dia a dia. É possível procurar lugares pra alugar em sites como OLX, Zap Imóveis e Quinto Andar, ou até mesmo andando pela cidade em busca de ofertas. Lembre-se sempre de verificar a procedência do anúncio de aluguel e evite pagar antes de conhecer o espaço ou fechar contrato. Para quem preferir, há a possibilidade de optar por serviços de coliving ou Airbnb.

Seguro saúde

O Brasil conta com o Sistema Único de Saúde, que oferece atendimento gratuito para todos, inclusive estrangeiros. Mesmo assim, é necessário fazer um seguro saúde para evitar imprevistos e contar com cobertura completa a qualquer momento de sua estadia no Brasil. É possível contratar o serviço em agências de viagem de seu país de origem.

Clima

Em Brasília, um único dia pode dispor de características referentes às quatro estações do ano. O céu da capital do Brasil pode estar azul e ensolarado, para logo depois ficar nublado e chover, mesmo quando as temperaturas ainda estão elevadas. Num curto período de tempo, ainda é possível que o tempo na cidade mude e fique frio de repente. Deste modo, é fundamental ter em mãos óculos escuros, guarda-chuva, um boné e protetor solar. As chuvas estão concentradas, geralmente, entre os meses de outubro a abril. Já a estação de seca vai de maio a setembro. Durante esta época, a umidade relativa do ar é baixa, chegando a ficar em menos de 30%. O índice, bem menor que o considerado ideal, pode causar desconforto e mal estar, por isso, ande sempre com uma garrafa de água para se hidratar e, se possível, tenha um umidificador de ar em casa.

Eletricidade

A voltagem padrão é de 220v. Desde 2012, o Brasil adotou um novo tipo de tomada elétrica com três pinos. Para evitar problemas com a recarga de seus dispositivos eletrônicos, traga ou compre um adaptador quando chegar ao país.

Outros

Recomenda-se a aplicação da vacina de Febre Amarela e COVID-19 antes da viagem ao Brasil.